Confissões de Um Sábado à Noite

Eu me sentei na esquina da tua rua pra sonhar um futuro bonito.
E caminhei sozinha por ruas que caminhamos juntas pra tentar trazer você de volta. Eu passei na porta da tua casa e esperei você aparecer na janela da sala, mas você não estava ali. Eu te procurei nos bares de meia luz da cidade velha e você não estava sentada em nenhum deles. Você estava aqui, dentro. Tu estás sempre comigo.
O sol chegou depois de eu tanto me esforçar pra acreditar que ele um dia viria. Ele chegou. O sol sempre esteve aqui, era eu quem não estava. Tu estavas. Eu estava, mas precisava desejar. E digo desejar com força, desejo carregado de desejo. Eu precisava saber te amar como mereces. Eu te amo. Como mereces, tal qual. Tenho sede de ti. Ando pelos dias desejando-te como o peregrino que deseja água. Desejando-te. Desejando. Penso em ti desde que desperto até a hora de dormir, em paz. Pacientemente. Como o arquiteto que olha as paredes de tijolo cru e vê seu projeto já concluído. Sem pressa, trabalhando melindrosamente, mas com o coração ansiando que os meus olhos te vejam todos os dias até o dia que eles não puderem mais se abrir. É o nosso momento, meu amor. O nosso.

Te espero!!!
Vem.


Por Dani Cabrera


Gritaré, gritaré hasta perder la voz.
Y gritaré, gritaré hasta llegar a tí.

(Najwa Nimri)

Comentarios

  1. Que lindo Dani. Me identifiquei muito.
    Peço licença pra postar no meu blog, posso?

    Te darei os devidos créditos.
    Beijão.

    ResponderEliminar
  2. "Eu te procurei nos bares de meia luz da cidade velha e você não estava sentada em nenhum deles. Você estava aqui, dentro. Tu estás sempre comigo."
    Muitas vezes procuramos algo que está dentro da gente!
    Lindo texto
    beijo

    ResponderEliminar
  3. "Mil voltas e voltas que dei
    Querendo de uma vez encontrar
    Alguém igual a você
    Beleza Rara..."

    ResponderEliminar
  4. Lindo, lindo, lindo.
    Lindo o texto, lindo seu canto, linda você.

    É amor, é muito amor... E que seja doce, que seja sempre doce.

    Um beijo!

    ResponderEliminar
  5. um selo para teu blog lá no meu
    beijos

    ResponderEliminar
  6. Gosto de tudo que leio aqui, e os belos textos me serve sempre de inspiração.

    Te indiquei um selinho no meu blog:
    http://derepenteagentesenteamor.blogspot.com/p/selos.html

    Beijos, continue sempre tão inspirada!

    ResponderEliminar
  7. as vezes demoro um pouco p passar aqui, mas qdo passo nao saio mais...leio, leio, leio...
    é tão doce, dani!
    é um carinho ler tuas poesias!
    bjos

    ResponderEliminar

Publicar un comentario

Entradas populares