Enquanto o sol não vem...

Também não vale a pena fingir um equilíbrio que não tenho.
A gente tem que descobrir maneiras – sejam quais forem – de ficarmos fortes. (Caio)


http://danicabrerablog.blogspot.com/

Comentarios

  1. Não, não pode ser . .

    ResponderEliminar
  2. O meu equilíbrio está tão longe, que nem fingir eu consigo. E essa busca incessante por uma maneira de ficar forte, uma hora tem que dar em algum lugar.

    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Dani é pra você!

    Haverá um dia em que você não haverá de ser feliz.
    Sem tirar o ar, sem se mexer, sem desejar como antes sempre quis.
    Você vai rir, sem perceber, felicidade é só questão de ser.
    Quando chover, deixar molhar pra receber o sol quando voltar.
    Lembrará os dias que você deixou passar sem ver a luz.
    Se chorar, chorar é vão porque os dias vão pra nunca mais.
    Melhor viver, meu bem, pois há um lugar em que o sol brilha pra você.
    Chorar, sorrir também e depois dançar, na chuva quando a chuva vem.
    Melhor viver, meu bem, pois há um lugar em que o sol brilha pra você.
    Chorar, sorrir também e dançar.
    Dançar na chuva quando a chuva vem.
    Tem vez que as coisas pesam mais do que a gente acha que pode aguentar.
    Nessa hora fique firme, pois tudo isso logo vai passar.
    Você vai rir, sem perceber, felicidade é só questão de ser.
    Quando chover, deixar molhar pra receber o sol quando voltar.
    Melhor viver, meu bem, pois há um lugar em que o sol brilha pra você.
    Chorar, sorrir também e depois dançar, na chuva quando a chuva vem.
    Melhor viver, meu bem, pois há um lugar em que o sol brilha pra você.
    Chorar, sorrir também e dançar.

    Marcelo Jeneci/ Chico César

    ResponderEliminar

Publicar un comentario

Entradas populares