Do Que Se Acaba De Encontrar...

Era o corpo de um colado no corpo do outro.
Era o corpo de um, colado no corpo do outro - e ardendo.
Eram os corpos de ambos buscando um no outro a falta de algo que não se sabia onde encontrar – agora sim. Eram os beijos assim, disfarçados de beijos, numa busca de entender o que era vazio e que agora é transbordar.
Eram urgentes.
São urgentes porque entendem, senhores, que amor é a eternidade tentando caber numa vida tão breve. E que um segundo contava ao peso de milênios e milênios juntos. É como ter grãos demais pra pouco espaço de terra, ou uma simples regata para abrigar do frio de um inverno inteiro. É como ter flores e flores pra uma só primavera...
Por isso a pressa; e a sede do corpo de um no corpo do outro, o beijo urgente que não era beijo, mas a certeza de que tinham acabado de encontrar um no outro a parte perdida de ambos.

Quem dera houvesse tempo o bastante pra consumir tanto amor.


Por Dani Cabrera


"Beija eu, beija eu... Beija eu, me beija e deixa o que seja ser.
Então beba e receba meu corpo no seu corpo, eu no meu corpo - deixa,
eu me deixo. Anoiteca e amanheça...". (Marisa Monte)

Comentarios

  1. *São urgentes porque entendem, senhores, que amor é a eternidade tentando caber numa vida tão breve*
    Carambaa lindo demais =]

    ResponderEliminar
  2. Q blog gostoso de se ler... Gosto daqui...
    ...

    Beeeijo

    ResponderEliminar
  3. "Quem dera houvesse tempo o bastante pra consumir tanto amor"

    É isso. É isso.
    Eu preciso de tempo, mais tempo, porque sempre fica faltando algo mais.

    Beijo grande.

    ResponderEliminar
  4. é a eternidade tentando caber numa vida tão breve...
    vc é amor por compelto hem ;) lindos textos.

    ResponderEliminar
  5. Amor é intensidade, que seja um segundo, mas que seja intenso.

    Excelente texto.

    Abraço!

    ResponderEliminar
  6. É, estou precisando encontrar minha parte perdida.
    Adorei o texto! Está linkada.

    Beijos!

    ResponderEliminar
  7. aii que doce.
    'amor é a eternidade tentando caber numa vida tão breve.'

    sempre lindo demais isso aqui.
    Beijo..

    ResponderEliminar
  8. seu blogger continua doce mel q escorre na boca feito um mel ..saudades de vc fica com deus continui sienmpre assim de doce,amavel,carinhos yyyy indiscultivelmente defendendo a palavra amor q vc sabe muito bem o q sgnifica es una gran virtud una dadiva de dios stas palavras e conquistas q siempre nos demostra com palavras en tu lindo e adocicado blogger aki tiene una amiga.bs.

    ResponderEliminar

Publicar un comentario

Entradas populares