Do GRANDE Encontro...


Antes de tudo isso, senhores, meus pensamentos vagavam por becos escuros e úmidos que já nem lembro mais.
Talvez vagassem pelas ruelas que corria a pique em minha infância. Talvez pelos corredores com aroma de café daquele sítio que me rendia uma “graninha” ao mês. Mas desde o dia em que a encontrei, minha mente tem endereço.
E chega surpreender até a quem o sente. Talvez até seja um bocado incômodo para alguns. Como diria a “menina elefante”: “Felicidade ao extremo assusta!”. Tão improvável. Tão inesperado. Mas me entendam que, até aquele par de olhos brilhantes chegarem eu era só uma andante. E descobri que eu nunca soube o que é amor antes dela. Achava que sim, mas não o sabia.
E desde então aprendemos a ler todas as coisas que nos dizemos em silêncio.
Porque aquele coração casou-se com o meu para todo o SEMPRE.

Por Dani Cabrera


"...Até quem me vê lendo jornal na fila do pão sabe que eu te encontrei." [Rodrigo Amarante]

Comentarios

  1. "Felicidade ao extremo assusta!"

    É, faz sentido.
    Gostei do texto.
    Gostei do layout.
    E adoro Los Hermanos o/

    Parabéns pelo blog, e boa sorte no amor. ^^

    ResponderEliminar
  2. "Desde o dia em que o encontrei minha mente tem endereço."

    Ahhhh!!! : )

    ResponderEliminar
  3. Que texto lindo!
    Adorei!
    Sucesso para tii!
    BjoOsS

    ResponderEliminar
  4. Nossa achei maravilhoso esse texto, uma verdadeira declaração de amor. Amei seu blog!!!

    ResponderEliminar
  5. Muito obnito, o silnecio quando se ama uma pessoa pode ser mais significativo do que palavras, e belo exemplo de musica, que alias amo, e que tem tudo a ver com o teu texto

    ResponderEliminar
  6. Ola bom dia
    Obrigado pela visita em meu blog

    Infelismente não conheço Caio Fernando
    porem muito obrigado pela indicação vou procurar sobre e começar a ler alguns textos do mesmo

    Obriga

    Philipecardoso.com

    ResponderEliminar

Publicar un comentario

Entradas populares