Da Saudade Que Me Dá...

Às vezes dá um vácuo no peito.
Como se meu coração fosse uma sala vazia: empoeirada, sem sofás nem estantes.
Pé direito bem alto, janela entre-aberta, cortinas brancas feitas de véu. Sim, véu de maio. Um lustre de cristal bem grande no meio de tudo - só pra ruir ao vento que entra pelas frestas da ventana, e que percorre os lugares pouco notados do cômodo aparentemente vazio - fazendo voar os pedaços do véu de maio. Poeiras já para os cantos...
Nessa hora você me dói, meu bem. Mas não é dor de sofrimento senão de muito querer.
E é nessa hora que eu suspiro de saudades de ti, me levanto então e planejo te ver (vou ao teu encontro)!

E não é que eu queria sustentar o já sustentado à mel e gotas de prata, mas a linha reta que combinamos seguir até o fim, quer dizer "oito-deitado" - como diria meu par de borboletas preferido -, e não impulsividade de gente inconstante. Porque há quem seja afoito demais, e que pelos medos que têm fazem promessas que não podem (e talvez nem querem) cumprir. Daí machucam. E mudam de idéia, assim como a mudança de tempo que causa tempestades perigosas de verão. Sim, as que inundam e desabrigam!

Mas aqui não é assim, meu bem.

Desde que te encontrei você me faz falta quando não te tenho aqui, e meu único medo era não ser bom o suficiente pra te acompanhar.
Mas você me amou também e me fez ver que sou quem você esperava.
E ficou tudo certo, agora não há mais medo algum. Agora somos nós - entrelaçados nos corações.

Quando a saudade me sufoca, a tua voz (ao telefone, que seja!) me traz um fôlego novo. Os planos e encontros relâmpagos, ou o que seja. Mas que seja!

Eu amo a tua mania de salvar meus dias!
(Porque nenhum dia é perfeito sem te ter).


Por Dani Cabrera


"...vai minha tristeza, e diz pra ela que sem ela não pode ser. Diz-lhe numa prece que ela regresse, porque eu não posso mais sofrer. Chega de saudade, a realidade é que sem ela não há paz, não há beleza, é só trsiteza e melancolia, que não sai de mim, não sai de mim, não sai...". (Tom Jobim)

Comentarios

Publicar un comentario

Entradas populares