Das Florzinhas que viverão para sempre....

Ela seguia pra mais uma daquelas "reuniões mais ou menos" no meio do dia de sol, mas o calor não a fizera deixar de vestir aquele casaco que usara na noite anterior – uma das noites em que aquele abraço a fez completa de todo o dia.

Sabe aquela conversa de que um copo de leite possui nutriente o suficiente para nos manter alimentado por todo um dia? Pois bem, aquele abraço é assim.

E na reunião chegou. Cumprimentou. Sorriu. Falou. Recomendou. Concluiu.

Mas antes de todas essas coisas passara lado a uma daquelas casinhas de madeira que vendem flores. Não precisou fazer força para ter em quem pensar: mais uma vez sorriu (e suspirou!). Na saída não conseguiu entreter-se das flores, foi lá e pediu a mais alegre. Porque é assim que fica a cada vez que encontra aqueles olhos. Só que aquelas flores nunca entregaria, não eram pra nada além de sorrir e lembrar de quem nem por um segundo esquece.

Voltou. Chegou. Sentou. Pôs ali o ramalhete de flores amarelas.

Fechou os olhos e sentiu o cheiro do pólen e disse: “Perdoem-me as flores, mas meu bem perfuma muito mais!”. Um anjo veio do outro lado e a contou que se plantasse aquelas flores elas nunca morreriam. Pareceu mágico. Olhou pras flores que lembravam o seu amor, o coração acelerou.

Correu. Cavou. Plantou. Regou. E cuida!

Assim todas as coisas com cores deste mundo passaram a ter um significado depois que ela encontrou aquele sorriso. E de todas as surpresas que tem, a mais intrigante é a capacidade de vê-lo como algo novo segundo após segundo. Um amor não diminuto.

Desde então quando pensava em tempo, pensava na eternidade àquele lado!

E este é o amor que tanto esperava.


Por Dani Cabrera

Comentarios

  1. Nossa! Fiquei sabendo sobre o teu blog através de um amigo e estou vendo que ele não aumentou quando disse que conhecia uma moça que escrevia divinamente bem!

    Parabéns Dani!
    Ganhaste um grande fã!

    ResponderEliminar
  2. Muito inspirador o texto, bom mesmo.. Ah tbem gostei da musikinha de fundo ^^

    ResponderEliminar
  3. muito bom mesmo o seu texto Dani, eu particularmente fiquei muito entretido ao lê-lo.... !

    ResponderEliminar
  4. Muito lindo os seus textos Dani.
    Obrigado pelo comentário.
    Se quiser uma parceria estarei disponível.
    Grande beijo para você também!

    ResponderEliminar
  5. A analogia do abraço com o copo de leite foi muito boa, bem sacada. Texto inteligente, facil de ler e com boa condução se é que me entende.

    ResponderEliminar
  6. adorei muito seu texto nt10 valeu ta. lindo

    ResponderEliminar

Publicar un comentario

Entradas populares