Das Portas que Nunca se Fecham...

Não.
Não me faça escolher outros meios de ser feliz.
Não me peça pra deixar de voar.
Não me inclua no sistema que você tolera porque a minha felicidade eu não entregarei nas mãos de gente maldosa.
Não me diga que você se alegra mais com sorrisinhos compulsórios de gente infeliz na alma do que com a tua própria satisfação. Não use teu silêncio e a tua omissão como um escudo de dardos que não doem mais.
Não me faça perguntas que te cortam por dentro, não me queira moderadamente por medo.
Não me faça dizer palavras que vão realmente te machucar por pura proteção, porque eu sei que não vai ser nada fácil: eu só preciso que você feche os olhos e pule comigo!
Não me dê sorrisos com recheios de aflição, porque eu te conheço, conheço o teu coração.
Não me conte historinhas com cenários opacos, feitos de algodão doce.
Porque no fim tudo é nada.
Não me tire o brilho dos olhos, coração!
Não me faça perder a plenitude por coação de gente aguada.
Não me prenda as mãos e a mente,
Não me faça prisioneira de fórmulas que não funcionam.
Eu olho sempre pra cima.
Vejo que acima de toda mesquinhez existe uma infinidade de grandeza.
E eu sou grande. E você também é.
Aqui embaixo é tudo grande demais, mas lá de cima a gente pode rir de tudo isso: me ouça!
Porque a maior força,
A característica mais linda de nós todos é a liberdade de ir e de vir - se quiser voltar!
Não me faça como as crianças nas vésperas de santa claus olhando pros presentes e pras rabanadas.
Não me ponha dentro de uma caixinha.
Não me tire a doçura antes do tempo certo.
Não me deixe sem bote aqui no meio do mar.
Não solte a minha mão.
Não solte.

Por Dani Cabrera

"...don't take it from me, don't take it yourselves ...how can you stay outside, there's a beutiful mess inside..." - Yael Naïm -

Comentarios

  1. Que lavada da alma!
    Excelente!

    ResponderEliminar
  2. Que lindo, moça!

    *-*

    ai ai...

    belo blog!

    ResponderEliminar
  3. Muitooo bom o blog!!

    quero um suspiroo de comer tbm

    xD

    bjos

    ResponderEliminar
  4. Tom confessional absoluto. Lirismo levado a conseqüências últimas.
    E ainda por cima com nome familiar do melhor escritor cubano.
    Vale a pena.

    ResponderEliminar
  5. Vi vc em uma comunidade no orkut, passei para conhecer seu blog.
    Abraços

    ResponderEliminar
  6. Para variar você arrebenta na hora de escrever. Parece incorporada por um espírito romântico.
    Lindo texto!

    Beijos.

    Vida no Japão
    http://vida-no-japao.blogspot.com/

    Meu Mundo Particular
    http://lucianotakaki.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  7. oiiii dani.... que lindooo....
    amei!!!

    " não me deixe sem bote aqui no meio do mar"

    o que dizer? .... lindoooo

    www.daniilopes.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. "... eu só preciso que você feche os olhos e pule comigo!"
    Porque o que a gente precisa é de um pouco de coragem. Coragem no amor. Coragem para amar. Coragem de se lançar. De se lançar, de se perder, se encontrar, de se viver...
    Lindo blog. Belas palavras. Singelo e puro sentimento.
    Volto mais vezes... ;)

    http://sarafc.zip.net

    ResponderEliminar
  9. "Não me diga que você se alegra mais com sorrisinhos compulsórios de gente infeliz na alma do que com a tua própria satisfação. Não use teu silêncio e a tua omissão como um escudo de dardos que não doem mais."...

    Uma das coisas mais lindas que já li em um blog!!!

    ResponderEliminar
  10. Muito lindo, fazia tempo que nao via algo tao bem escrito
    assim,
    pode ter certeza que voltarei aqui para ver as novas postagens

    abraço.

    ResponderEliminar
  11. Parabéns pelo texto.
    É de uma perfeição enorme! Me identifiquei bastante...

    ResponderEliminar
  12. Não me faça como as crianças nas vésperas de santa claus olhando pros presentes e pras rabanadas.
    Não me ponha dentro de uma caixinha.
    Não me tire a doçura antes do tempo certo.
    Não me deixe sem bote aqui no meio do mar.
    Não solte a minha mão.

    Não solte.




    mt bom hein mocinha!!!
    paranbens !!!

    belo texto belo blog

    bjos
    http://culturatups.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  13. Que maravilhosa poesia, Dani. Adorei o clima do teu blog, relaxa de verdade.

    E obrigada pelo comentário lá no Infinito Público. Não gosto de "explicar" meus textos, mas foi justamente isso que você achou que eu imaginei no momento em que escrevi a cena. De qualquer forma, adoro quando as pessoas tomam suas próprias conclusões acerca do que escrevo.

    Até mais!

    ResponderEliminar
  14. muito legais seus textos...
    surreais...
    parecem um sonho!

    ResponderEliminar
  15. Muito bom o texto. Escreves muito bem, parabéns mesmo!

    Um tanto quanto apaixonada as palavras, né? Haha, mas é bom.

    Beijo,
    Tiago Giardini.

    ResponderEliminar
  16. Isso msm, vc não está errada! a 'Bel tem haver, e muuuito

    ResponderEliminar
  17. Caramba ... texto mto lindo!
    seu blog tá show!
    ;**

    ResponderEliminar
  18. que lindo
    vc escreve bem, moça!
    virei mais vezes aqui!
    abraços!

    ResponderEliminar
  19. "Não me tire a doçura antes do tempo certo.
    Não me deixe sem bote aqui no meio do mar.
    Não solte a minha mão.

    Não solte."

    Coisa mais linda e profunda!
    Parabens!

    ResponderEliminar

Publicar un comentario

Entradas populares