Da Saudade Traiçoeira...

Mais um dia de descanso justificado
Mais um dia fingindo um cansaço inumano
Notícias, documentários, lançamentos de anteontem,
Na insistência de trazer um fade out pra tudo isso.
Talvez eu deva me arrumar e sair por aí
Sou jovem demais pra fazer qualquer coisa contrária a isso
Ou talvez eu esteja velha demais pra fingir pra mim mesma,
Pra dizer que a saudade não existe por trás do sorriso forçado
Por detrás das palavras mecânicas
Mas o meu maior medo nessa saudade é
Que eu me acostume com ela nos meus dias
E que passe a vê-la tão intimamente
A ponto de a sua ausência me fazer mais satisfeita,
Que a sua própria presença.

Por Dani Cabrera

Comentarios

  1. Lindo seu blog. Lindas palavras. Me identifiquei e gostei muito!!! Beijos.

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito da poesia. Tem sentimento. Isso mesmo! Saia por aí, se arrume, viva!
    http://maynabuco.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Eu tenho esse medo de me acostumar com a saudade e esquecer meu amor que está longe de mim neste momento...

    ResponderEliminar
  4. O duro é quando a saudade passa a ser o terceiro elemento na relação e ocupar o lugar do segundo.
    Saudade, como rival do amor

    ResponderEliminar
  5. muito lindooo
    gostei saudades eh ruim!
    passei pra agradecer a visita!
    um abraçooo
    flw

    ResponderEliminar
  6. Taí um sentimento que não gosto de ter: saudade.
    Beijos!

    www.indicacao.wordpress.com

    ResponderEliminar
  7. O amor para mim sempre foi sinônimo de frustração, dor e...saudade

    Gostei do texto e dos outros também,amei seu blog rsrsr

    Abraços!

    ResponderEliminar
  8. A saudade é gostosa, mas não pode guiar o seu coração. Viva mais o presente....hehehehe

    ResponderEliminar
  9. bom texto... desprendido de rimas e preso a conteúdo.. gosto disso.

    ResponderEliminar
  10. Bem que vc me disse, adorei esse texto, me sinto igual, exatamente igual... Percebo que quando acaba um relacionamento primeiro temos que nos desapegar da pessoa e só depois do sentimento, do fato de ter alguém, acho que esse segundo momento é o mais difícil...
    Se tiver um tempinho dá uma olhada nos meus textos desse último mês, que foi o pior da minha vida mas foi também o de mais criatividade...
    Dá uma olhadinha em EU TE ODEIO; IRRITAÇÃO; DÚVIDAS; IMPUNIDADE e PAZ. São todos textos curtos!!!!
    Beijos, me visite sempre!!!!!!!!

    ResponderEliminar

Publicar un comentario

Entradas populares